Editorial
Edição Nº 90 - Janeiro/Fevereiro de 2018 - Ano XVI
Esta notícia já foi visualizada 4763 vezes.


Editorial



A retomada do crescimento 

O ano de 2018 está começando, cheio de esperança e muito trabalho, sendo a hora de revermos erros, acertos e alinhar as velas. Apesar das turbulências dos últimos anos - impeachment, desemprego e tudo o mais que envolve a política e economia - há sinais claros que já saímos do fundo do poço. A luz no fim do túnel é visível, a inflação está controlada e a economia mundial equilibrada, cenário adequado para o tão esperado recomeço do crescimento brasileiro, que deve ficar entre 2,5 a 3% segundo a expectativa dos economistas.
Como no Brasil há sempre questões a considerar, os pontos de atenção ficam por conta do julgamento do ex-presidente Lula em 24 de janeiro pelo TRF4 - Tribunal Regional Federal da 4ª Região; e a votação da reforma da previdência, agendada para 19 de fevereiro, que irão impactar o quanto efetivamente o país deverá crescer, o comportamento econômico e o cenário político.
Ainda em 2018 teremos a Copa do Mundo na Rússia e as eleições presidenciais, com o calendário sinalizando muitos dias que não serão produtivos. Serão 10 dias úteis com feriados e, na primeira fase da Copa, mais dois dias úteis com jogos. Por isso, é importante que as empresas se programem e mantenham o planejamento em dia, para que tudo transcorra sem sobressaltos logísticos.
E na eleição, cuidado redobrado na avaliação dos programas de governo e dos candidatos que se propõem a comandar o país nos próximos quatro anos, para que os escolhidos possam, efetivamente, conduzir o Brasil para um crescimento sólido e sustentável.
Nesta edição, trazemos uma análise sobre pesquisadores que desenvolvem processos que utilizam carvão ativado para a remoção de sais e limpeza de poluentes orgânicos; orientações sobre filtros tipo leito; a prevenção como o melhor caminho para combater contaminação de sistemas hidráulicos; a filtração por pré-capa com sequestrante de H2S utilizando diatomita e celulose como auxiliar filtrante; novas tendências no segmento de filtração automotiva; diferenças e semelhanças entre a EN 779 e ASHRAE 52.2, normas internacionais para testes de eficiência em filtros;  entre outras matérias.

Boa leitura e um ótimo 2018!

Rogéria Sene Cortez Moura
Editora



< ...


AVISO

Para acessar esta matéria na íntegra é necessário estar logado.Clique aqui para realizar o seu cadastro!
Já tem login? clique aqui

Publicidade