Publicidade
MEIO FILTRANTE - Noruegueses compram fatia do terceiro maior campo de petróleo do Br

Esta notícia já foi visualizada 749 vezes.

Noruegueses compram fatia do terceiro maior campo de petróleo do Br

Data:19/12/2017

Da Redação 

A norueguesa Statoil irá adquirir 25% de participação em Roncador, um campo de óleo de grandes proporções na bacia de Campos e de propriedade da Petrobras. A transação, no valor de 2,9 bilhões de dólares, praticamente triplica a produção da Statoil no Brasil.

A multinacional planeja gerar valor a Roncador à medida que promete aplicar o conhecimento em recuperação avançada de reservatórios (em inglês, Increased Oil Recovery – IOR). “Essa transação adiciona uma produção significativa e de longo prazo para o nosso portfólio internacional, fortalecendo a posição do Brasil como uma área prioritária para a Statoil. Estamos também felizes de avançar na nossa parceria estratégica com a Petrobras ao expandir nossa colaboração técnica, compartilhar tecnologia, competências e experiência para aumentar o fator de recuperação do campo”, diz Eldar Sætre, presidente e CEO da Statoil.

Roncador foi a maior descoberta offshore no Brasil na década de 1990 e é atualmente o terceiro maior campo produtor da Petrobras, com aproximadamente 10 bilhões de barris de óleo equivalente. O volume esperado de reserva recuperável está acima de 1 bilhão de barris. A ambição da Statoil é elevar o fator de recuperação em, no mínimo, 5 pontos percentuais, resultando em um volume total recuperável remanescente maior que 1,500 milhões de barris de óleo equivalente.

O campo entrou em produção em 1999 e, durante o mês de novembro de 2017, produziu em torno de 240 mil barris de óleo por dia, além de, aproximadamente, 40 mil barris de óleo equivalente por dia de gás associado.

A transação aumentará a produção da Statoil no Brasil em aproximadamente 175%, passando de 40 mil barris/dia para 110 mil. A Petrobras continuará sendo a operadora de Roncador com 75% de participação.


Fonte: www.infraroi.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade