Publicidade
MEIO FILTRANTE - Exportações batem novo recorde no bimestre

Esta notícia já foi visualizada 240 vezes.

Exportações batem novo recorde no bimestre

Data:7/3/2018

Com o embarque de 112,7 mil veículos, setor registra o melhor volume da história para o período 


SUELI REIS, AB


As exportações de veículos alcançaram novo recorde para o primeiro bimestre ao totalizar 112,7 mil unidades no período, de acordo com dados divulgados pela Anfavea na terça-feira, 6. O volume superou em 7,2% o recorde anterior, do primeiro bimestre do ano passado, quando a indústria brasileira enviou 105,1 mil veículos a outros mercados.


Os dados mostram que do total exportado nestes dois primeiros meses, 74% teve a Argentina como destino, seguida pelo México, com 7% de participação dos embarques e cujo mercado está em queda de 47% no comparativo anual do primeiro bimestre, ao passar de 14 mil para 7,5 mil veículos. Com 6% da fatia, o Chile é o terceiro maior destino de carros feitos no Brasil: por lá, as vendas seguem em alta de 65% no acumulado do ano. Uruguai é o quarto, com 4% dos lotes, enquanto Colômbia e Peru têm 3% cada. Todos os dados consideram apenas veículos leves. Nos pesados, os principais mercados são Argentina, Chile e Rússia, além de Peru, África do Sul e México, nesta ordem.

Em valores, também houve recorde, com exportações 14% superiores às do primeiro bimestre de 2017, ao passar dos US$ 2,51 bilhões. Megale explica que o bom resultado é reflexo do mix de produtos, com o envio de mais veículos de valor agregado, como caminhões pesados, além de um reposicionamento de preço dos produtos para compensar a inflação do dólar.

“Também tivemos recorde no mês, com o melhor fevereiro da história em valores, o que está beneficiando a nossa balança comercial. No ano passado, tivemos um superávit de US$ 15 bilhões e tudo indica que vamos superar esse valor neste ano”, comenta Megale, presidente da Anfavea.


O volume das exportações registrado no primeiro bimestre do ano também ficou muito acima da média do primeiro bimestre de cada um dos últimos 10 anos, que foi de 68,6 mil unidades. Para este ano, a Anfavea sustenta a previsão de novo recorde para as exportações, com volume previsto em 800 mil. Se for consolidado, representará aumento de 5% sobre o recorde anterior, de 2017, que encerrou com 762 mil unidades.






Fonte: www.automotivebusiness.com.br 

Comentários desta notícia

Publicidade