Publicidade
MEIO FILTRANTE - Tocantins atinge alta histórica de atratividade das fontes limpas no mercado livre de energia

Esta notícia já foi visualizada 300 vezes.

Tocantins atinge alta histórica de atratividade das fontes limpas no mercado livre de energia

Data:7/3/2018

Índice FDR Energia mostra também 11 estados da federação com boa atratividade para as empresas

A FDR Energia, empresa de geração e comercialização de eletricidade, acaba de lançar a atualização de fevereiro de 2018 do Índice de Atratividade do Mercado Livre para Fontes Limpas de Energia. O valor médio do Índice FDR Energia para todo o Brasil ficou em “0,601” no mês, melhor índice dos últimos onze meses.

O grande destaque no ranking é Tocantins que atingiu alta histórica de atratividade das fontes limpas no mercado livre de energia com o índice “0,803”. Outros 11 estados também ganharam competitividade entre as unidades da federação. Na segunda colocação, aparece o estado do Pará com “0,790”, seguido do Amazonas com “0,769”.

“O alto volume de chuvas em diversas regiões do País tem favorecido o aumento da competitividade das fontes limpas e a atratividade de migração das empresas para o ambiente de contratação livre”, afirma Erick Azevedo, sócio-diretor da FDR Energia. “

O levantamento mostra que estados que possuem valores no índice abaixo de 0,4 podem ser considerados inviáveis financeiramente para migração para o ACL. Já os que têm entre 0,4 e 0,6 podem ser considerados com viabilidade moderada e entre 0,6 e 0,8, com boa viabilidade. Acima de 0,8, com alta viabilidade.

 O índice, tal qual o modelo do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), elaborado pela Organizações das Nações Unidas (ONU), é calculado em um intervalo de “0,000” (para a menor atratividade) e “1,000” para a maior atratividade.

RANKING DOS ESTADOS EM FEVEREIRO DE 2018 (BRASIL)


Estado Fevereiro
TOCANTINS 0,803
PARÁ 0,790
AMAZONAS 0,769
ESPIRITO SANTO 0,683
GOIAS 0,681
RIO DE JANEIRO 0,680
SANTA CATARINA 0,665
MATO GROSSO 0,664
PARANÁ 0,640
RONDONIA 0,638
DISTRITO FEDERAL 0,628
MATO GROSSO DO SUL 0,607
SÃO PAULO 0,572
PIAUI 0,567
MINAS GERAIS 0,566
RIO GRANDE DO SUL 0,557
PARAIBA 0,555
MARANHÃO 0,550
CEARA 0,548
ALAGOAS 0,538
ACRE 0,532
PERNAMBUCO 0,522
SERGIPE 0,505
BAHIA 0,500
RIA GRANDE DO NORTE 0,486
AMAPÁ 0,480



Fonte: Assessoria de Imprensa

Comentários desta notícia

Publicidade