Publicidade
MEIO FILTRANTE - Mercedes reduz consumo de ônibus em até 8%

Esta notícia já foi visualizada 347 vezes.

Mercedes reduz consumo de ônibus em até 8%

Data:10/5/2018

Montadora adota novo pacote de soluções em modelos rodoviários 

REDAÇÃO AB
 
A Mercedes está lançando um conjunto de soluções para redução de combustível para seus ônibus. Chamado Fuel Efficiency, ele foi adotado em modelos para transporte rodoviário e resulta em economia de 2% a 8% de diesel, conforme o modelo. De acordo com a montadora, o custo dos chassis subiu em média 1,5% com as mudanças.

O Fuel Efficiency equipa os chassis O 500 RS, RSD e RSDD e traz economia a partir de melhorias técnicas. Uma delas é um novo programa para troca de marchas do câmbio automatizado GO 240 de oito marchas, que agora realiza trocas mais rápidas e tira melhor proveito do motor em baixas rotações.

Outra melhoria é chamada de Power Reduction, obtida a partir da otimização da energia do compressor de ar do motor. O conceito se baseia na redução da carga no motor quando o sistema de ar está totalmente carregado. 

A terceira mudança voltada à redução de consumo é chamada de Viscotronic, um controle inteligente de acionamento do ventilador do radiador. A quarta melhoria, High Torque, promove o aumento de força em rotações baixas para o motor OM 457 LA, de 360 cavalos, presente no chassi O 500 RS 1836 e no O 500 RSD 2436. Segundo a Mercedes-Benz, o torque subiu de 1.600 para 1.850 Nm a 1.100 rpm, resultando em velocidades de cruzeiro (80 km/h ou 90 km/h) com rotações mais baixas. 

O quinto recurso é o Engine Idle Shutdown (EIS), equivalente ao start-stop aplicado em automóveis, mas apropriado aos ônibus. Assim, em vez de interromper o funcionamento a cada parada de semáforo, o EIS entra em ação quatro minutos depois de o ônibus permanecer parado, com motor ligado, câmbio no ponto morto, freio de mão acionado e nenhum toque no acelerador ou freio de serviço. Essa situação é frequente em garagens, rodoviárias, terminais urbanos e pontos de parada. 

A Mercedes passa a equipar o chassi O 500 R (para curtas distâncias rodoviárias e fretamento) com o câmbio GO 190 de 6 marchas. O destaque dessa transmissão é a alavanca de acionamento do tipo joystick com sistema servoassistido, que oferece facilidade de acionamento e reduz o esforço para o motorista. 


Fonte: www.automotivebusiness.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade