Publicidade
MEIO FILTRANTE - Santa Catarina será sede do Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano 2019

Esta notícia já foi visualizada 508 vezes.

Santa Catarina será sede do Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano 2019

Data:8/6/2018

Evento deste ano avançou no objetivo de integrar, ampliar, fortalecer e promover a cadeia com ações concretas para o Sul do Brasil

O Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano de 2019 já tem sede: Santa Catarina. A próxima edição do evento dará continuidade aos trabalhos realizados em Foz do Iguaçu, realizados de 6 a 8 de junho, envolvendo os três estados do Sul do Brasil, quando reuniu cerca de 330 pessoas, entre empresários, representantes de instituições públicas, professores e estudantes.

Para o coordenador-geral do Fórum, Clóvis Reichert, o evento atingiu os objetivos propostos de promover a integração, por meio de um amplo debate de temas desenvolvidos atualmente, além da oportunidade de ampliar, fortalecer e promover essa cadeia com ações concretas para o Sul do Brasil. “A partir de agora, daremos o encaminhamento com ações concretas para o futuro, contando com participação efetiva de todos que estiverem dispostos a se engajar. Também iniciaremos os trabalhos para a edição de 2019, que será em Santa Catarina, em local a ser definido, com a indicação positiva de apoio de instituições catarinenses, mantendo, dessa forma, a proposta de itinerância.”

No Fórum deste ano, discussões sobre a produção e o uso do biogás como fonte de energia, a mitigação das barreiras existentes e o potencial de desenvolvimento desse setor na região Sul foram tratadas em seis mesas-redondas, cinco apresentações de cases e duas visitas técnicas a granjas produtoras de biogás com dejetos de suínos e de vacas leiteiras e à Unidade de Demonstração de Produção de Biometano da Itaipu. Na palestra de abertura, o diretor de Planejamento da Associação Europeia de Biogás (EBA), Bruno Deremince, apresentou o panorama europeu do setor.

O evento também foi palco do lançamento do projeto “Aplicações de biogás na agroindústria brasileira”, com recursos do Fundo Global do Meio Ambiente (Global Environment Facility, GEF, sigla original em inglês) e investimento de US$ 7 milhões (cerca de R$ 25 milhões) em ações para incentivar e fortalecer o uso do biogás no Brasil, com foco nos três estados da Região Sul. Outro lançamento foi o do livro ‘Energias renováveis na área rural da região do Sul do Brasil’, de autoria de Carlos Antônio Ferraro Biasi, da FAO; Leidiane Ferronato Mariani e João Carlos Christmann Zank, do CIBiogás; e Abner Geraldo Picinatto, do Sead/SGAER/Governo Federal do Brasil.

Debate de encerramento
Como fechamento dos trabalhos da edição de 2018, o Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano reuniu os moderadores das mesas-redondas Rodrigo Régis de Almeida Galvão, diretor presidente do Centro Internacional de Energias Renováveis-Biogás (CIBiogás); Monroe Olsen, da Marius Bertoldi Advogados; Felipe Marques, do CIBiogás; Tiago Cassol Severo, representando o Arranjo Produtivo Local Metalmecânico e Automotivo da Serra Gaúcha (APLMMeA) e a Universidade de Caxias do Sul (UCS); Carlos Biasi, da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e Rafael Gonzalez, do CIBiogás; e mediação do gerente de Operações do Instituto SENAI de Tecnologia em Petróleo, Gás e Energia e coordenador geral do Fórum, Clóvis Leopoldo Reichert. O debate promoveu uma avaliação final e também possibilitou aos participantes apresentarem proposições de encaminhamentos para o avanço do setor de biogás e biometano e para a realização do Fórum 2019.

Realização do Fórum
A realização do Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano foi do Arranjo Produtivo Local Metalmecânico e Automotivo da Serra Gaúcha (APLMMeA), do Centro Internacional de Energias Renováveis–Biogás (CIBiogás), do Instituto SENAI de Tecnologia em Petróleo, Gás e Energia (IST PGE) e da Universidade de Caxias do Sul (UCS).

O evento contou com o patrocínio da Itaipu Binacional, Caixa, BRDE, Sebigás/Cótica, Infineum e Sulgás, e os apoiadores Abiogás, ANP, Embrapa, Fiergs, GEF, FAEP, Ocergs Sescoop/RS, ONUDI, PTI, Sanepar, SCGás, Iguassu Convention & Visitors Bureau.


Fonte: Assessoria de imprensa

Comentários desta notícia

Publicidade