Publicidade
MEIO FILTRANTE - Toyota confirma intenção de ampliar investimentos e operações em Guaíba

Esta notícia já foi visualizada 770 vezes.

Toyota confirma intenção de ampliar investimentos e operações em Guaíba

Data:10/7/2018

O Centro de Distribuição de Guaíba é a porta de entrada dos veículos (Hilux e SW4) - Foto: Karine Viana/Palácio Piratini

Uma das maiores empresas do setor automobilístico do mundo, a Toyota, confirmou, nesta terça-feira (10) que pretende investir mais no Centro de Distribuição de Guaíba, na Região Metropolitana de Porto Alegre. A informação foi divulgada pelo presidente da multinacional no Brasil, Rafael Chang Miyasaki, em reunião com o governador José Ivo Sartori , no Palácio Piratini. 

O Centro de Distribuição de Guaíba, inaugurado em 2005, é a porta de entrada dos veículos (Hilux e SW4) que a marca produz na Argentina. O local instala peças nos automóveis, faz as adequações que a legislação brasileira exige e depois distribui para as 236 concessionárias da empresa no país. Hoje, é o maior gerador de renda para o município de Guaíba. 

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Evandro Fontana, o anúncio beneficia a economia de todo o Estado. “Essa renovação da parceria é extremamente importante justamente pelas perspectivas de crescimento num futuro breve, com mais geração de empregos, renda e tributos. É uma grande perspectiva para o estado no que se refere ao setor automotivo”, afirmou.

O presidente da Toyota explicou que a empresa ainda não tem números definitivos dos novos investimentos porque os detalhes da expansão no Estado estão sendo fechados. “Assinamos um compromisso para seguir com a parceria e aumentar nossas atividades em Guaíba. Queremos um projeto de ampliação, não só das nossas operações, mas também para gerar mais empregos e incluir fornecedores de peças do Rio Grande do Sul”, disse Miyasaki.   

O Centro de Distribuição de Guaíba é um dos três que a Toyota possui no Brasil. Os outros ficam em Vitória, no Espírito Santo, e Suape, em Pernambuco.

Texto: Vanessa Felippe
Edição: Léa Aragón/ Secom



Fonte: www.estado.rs.gov.br

Comentários desta notícia

Publicidade