Publicidade
MEIO FILTRANTE - Consórcios para veículos crescem 10% até maio

Esta notícia já foi visualizada 486 vezes.

Consórcios para veículos crescem 10% até maio

Data:12/7/2018

Dados mais recentes da Abac mostram aumento no número de novas cotas em todos os segmentos 

REDAÇÃO AB


As vendas de novas cotas de consórcios para a aquisição de veículos cresceram 10,1% no acumulado de janeiro a maio na comparação com iguais meses do ano passado. Dados da Abac, associação que reúne as administradoras de consórcio, apontam um total de 880,2 mil novas unidades ou novos consorciados contra os 799,8 mil de mesmo período de um ano antes. Apesar disso, o total de participantes ativos ficou estável para o setor de veículos, que terminou maio em pouco mais de 6 milhões. Os números consideram novas cotas para a aquisição de veículos novos leves, pesados e motocicletas.

O número maior de cotas fez o volume de crédito acumulado aumentar na mesma proporção, com crescimento de 10,2%, ao passar de R$ 23,6 bilhões para R$ 26 bilhões. O total de crédito concedido via consórcios para a aquisição de veículos somou R$ 13,7 bilhões de janeiro a maio, aumento de 4,3% a mais do que os R$ 13,1 bilhões de mesmo intervalo de 2017. Com isso, a participação dos consórcios na concessão de crédito para veículos no período recuou quatro pontos porcentuais, de 25,8% para 21,8%, considerando as modalidades de CDC, consórcio e leasing, cuja soma é de R$ R$ 62,8 bilhões.

No entanto, o número de contemplações recuou 2,4% no período acumulado de cinco meses no comparativo anual ao atingir 455,8 mil. 

Por segmento, as vendas de novas cotas para veículos leves avançaram 8,5% ao atingir as 467 mil unidades em cinco meses. O valor médio da cota para este segmento ficou 1,2% menor em maio ao fechar o mês em R$ 42 mil. Segundo a Abac, as contemplações - que é o número de consorciados que recebem a carta de crédito e têm a chance de comprar o bem - subiram 7,2% e com isso, a participação das contemplações nas vendas do segmento foi de 28,8%, considerando as vendas financiadas de automóveis e comerciais leves entre janeiro e maio.

Para veículos pesados, as vendas de novas cotas subiram 20,1% em cinco meses, para um total de 22,4 mil unidades. Elas representam os interessados na compra de caminhões, ônibus, semirreboques, tratores e outros implementos. O tíquete médio (valor médio) da cota no mês ficou apenas 0,9% acima do valor verificado em maio de 2017, fechando em R$ 152,2 mil. As contemplações para o segmento pesado cresceram 14,4% ap atingir 13,5 mil no acumulado de janeiro a maio.

As cotas para aquisição de motocicletas cresceram pelo quarto mês consecutivo em maio e fecharam o período acumulado de cinco meses em alta de 11,5%, para um total de 390,8 mil unidades. O valor médio da cota para motos caiu 2,4%, para R$ 8,4 mil, o que é positivo para o segmento, que depende muito de crédito para alavancagem do mercado. Contudo, o número de contemplações nos cinco meses recuou quase 12%, ao fechar em 207,5 mil contra as 235,5 mil realizadas em mesmo acumulado do ano passado. A Abac informa que de janeiro a maio, a potencial participação das contemplações nas vendas do mercado de duas rodas foi de 51,7%, considerando as vendas financiadas: para cada dez motos vendidas, cinco foram adquiridas via consórcio.


Fonte: http://www.automotivebusiness.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade