Publicidade
MEIO FILTRANTE - Vendas sobem 15% no ano e setor registra o melhor mês até agora

Esta notícia já foi visualizada 148 vezes.

Vendas sobem 15% no ano e setor registra o melhor mês até agora

Data:9/8/2018

Julho também é o melhor mês desde dezembro de 2015, aponta Anfavea 

SUELI REIS, AB
 
As vendas de veículos continuam em curva ascendente: em sete meses, os emplacamentos superaram os de mesmo período do ano passado em 14,9%, para pouco mais de 1,38 milhão de unidades, na soma de leves e pesados. Dados divulgados na segunda-feira, 6, pela Anfavea, associação dos fabricantes, indicam que o resultado foi reforçado pelo desempenho de julho, o melhor mês do ano até agora. Com 217,5 mil veículos emplacados, este também é o melhor julho desde 2015 e o melhor mês desde dezembro de 2015, quando o mercado emplacou 227,8 mil veículos novos.
 
O volume de julho foi 7,7% maior que o de junho e representou aumento de 17,7% sobre o resultado de julho do ano passado. A média diária de vendas subiu 2,8% de um mês para o outro: em junho, a média foi de 9,6 mil veículos vendidos por dia útil, enquanto julho registrou 9,8 mil por dia útil.

Segundo o presidente da Anfavea, Antonio Megale, com este desempenho registrado no mês passado, o setor superou as dificuldades que o mercado vinha enfrentando desde a crise deflagrada com a paralisação dos caminhoneiros, em maio. Antes da greve, a média diária estava em 10,3 mil unidades.

“Gradualmente o mercado vem se recuperando, voltando à média antes da greve dos caminhoneiros”, disse o presidente da Anfavea.


O avanço de 14,9% dos licenciamentos no acumulado do ano está um pouco acima das projeções da Anfavea para 2018, que prevê aumento de 11,7% das vendas para o período, para 2,5 milhões. Segundo Megale, o movimento do mercado está dentro das expectativas para o segundo semestre, que deverá ter um ritmo menor de vendas quando comparado com a segunda metade do ano passado, cujo desempenho foi bastante forte em termos de volume. Para ele, este menor ritmo será compensado pela alta do primeiro semestre, resultando na projeção prevista pela entidade.

“O crescimento de dois dígitos é sempre bem-vindo. Vamos aguardar para ver o que acontece nos próximos meses”, comenta Megale.


Fonte: www.automotivebusiness.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade